Chove em Brasília depois de 126 dias

21/09/2020 às 17:13
por Redação

Atualizado 21/09/2020 às 17:15

Oferecimento
Nuvens carregadas se espalharam sobre o DF e provocaram raios, trovões e fortes rajadas de vento. Confira como fica tempo nos próximos dias.

Foram 126 dias sem chuva que pudesse molhar o chão, mas quando ela voltou, chegou com força, com raios e trovões.  A chuva que começou a cair sobre o Distrito Federal no começo da tarde desta segunda-feira, 21 de setembro, o último dia do inverno de 2020, interrompeu um longo período de estiagem na região de Brasília, mas que é comum. 

 

Segundo o INMET - Instituto Nacional de Meteorologia - a última vez que Brasília teve chuva acima de 10 mm, foi entre os dias 16 e 17 de maio, quando choveu 18,8 mm. Ainda na segunda quinzena de maio, chuviscou em outros dois dias. Em junho chuviscou 1 dia. Não choveu nada em julho e nem em agosto.

 

A chuva desta segunda-feira, 21, veio com força, em fortes pancadas, raios e trovões. O céu ficou preto pelas nuvens escuras.  O dia virou noite e nada melhor do que a fotografia das nuvens de chuva para provar a grande transformação que a atmosfera teve em Brasília.

 


Foto de Jean Claude, Brasília (DF)

 

 

As imagens  das nuvens captadas pelos satélites meteorológicos comprovam as nuvens carregadas que se formaram sobre  o Distrito Federal.  Os tons de alaranjado e vermelho indicam a parte de nuvens que está mais carregada, com potencial para provocar chuva moderada a forte, raios e trovões.

 

 

Nuvens carregadas sobre o DF captadas pelo satélite GOES 16 em 21/9/2020

 

Confira a previsão para a primavera 2020 no Centro-Oeste

 

Quanto choveu?

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia,  a média de chuva normal para Brasília em setembro é de 46,6 mm. 

 

Na tarde desta segunda-feira, 21 de setembro de 2020, a região de Gama acumulou 22,2 mm em 3 horas, entre 13 horas e 16 horas.  Em Águas Emendadas, a chuva veio como uma forte pancada que acumulou 19,0 mm em apenas 1 hora, entre 15 horas e 16 horas. No mesmo período choveu 5,6 mm em Brasília.

 

Quando a chuva começou, por volta do meio-dia, o aeroporto de Brasília registrou uma rajada de vento com 59 km/h

 

Chuva ainda não veio para ficar

A grande mudança no tempo está associada com uma frente fria de forte intensidade que chegou ao Brasil e teve força para finalmente afastar a grande massa de ar seco que vinha predominando sobre o Brasil há várias semanas.

 

A primavera começa com chuva no Centro-Oeste, mas a chuva ainda não veio para ficar. Ainda tem previsão de mais chuva para esta terça-feira, 22 de setembro, primeiro dia da primavera de 2020, para o Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e o Mato Grosso do Sul .

 

Na quarta-feira, 23 de setembro, as pancadas de chuva com raios voltam a ocorrer a partir da tarde no Distrito Federal, em Goiás e em Mato Grosso, mas o tempo fica seco em Mato Grosso do Sul.

 

Na quinta-feira, 24, o ar seco ganha força novamente e as condições para chuva diminuem sobre o Centro-Oeste, de forma geral. Mesmo assim, algumas pancadas de chuva podem ocorrer a partir da tarde sobre o Distrito Federal, o norte de Goiás e sobre o Mato Grosso. 

 

Na sexta-feira, 25, o tempo seca em Goiás e no Distrito Federal e não tem previsão de chuva, mas algumas pancadas ainda ocorrem em alguns locais de Mato Grosso.

 

O primeiro fim de semana da primavera será com sol forte e muito calor no Centro-Oeste, com previsão de algumas poucas pancadas de chuva em parte de Mato Grosso.

 

 

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

18°
min

24°
max

20mm / 90%

FASES DA LUA

  • Nova
    16/10
  • Crescente
    23/10
  • Cheia
    01/10
  • Minguante
    09/10

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12